Notícias

10-Ago-2018 14:04
AÇÃO SINDICAL

Urbano de Mairinque: trabalhadores encerram greve após Jundiá comprometer-se a pagar salários

Paralisação começou na quinta-feira (9) porque a empresa não cumpriu com o seu dever de pagar o salário do mês

JUNDIÁ, MAIRINQUE, TRANSPORTE, GREVE, Divulgação
Assembleia com trabalhadores na empresa Jundiá MairinqueDivulgação

Reunidos em assembleia na manhã desta sexta-feira (10), na garagem da empresa Jundiá, em Mairinque, os trabalhadores no transporte urbano do município decidiram, por maioria dos votos, aceitar a proposta da empresa de parcelar o pagamento do salário referente ao mês de julho em três vezes, encerrando assim a greve iniciada ontem (9).

A empresa Jundiá comprometeu-se com o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região a pagar o salário dos trabalhadores da seguinte forma: um terço nesta sexta-feira (10), outro terço na quarta-feira (15) e o restante do salário na próxima sexta-feira (17).

Os trabalhadores entraram em greve na quinta-feira (9) porque a empresa atrasou o pagamento do salário. "A Jundiá não cumpriu com sua obrigação de pagar o salário no quinto dia útil. O Sindicato entrou em contato e ela disse que pagaria na terça-feira, não o fez. Daí afirmou que pagaria na quarta, o que também não ocorreu. Diante de todos esses atrasos, os trabalhadores iniciaram a paralisação na quinta-feira", explicou o vice-presidente do Sindicato Francisco França.

Com a aprovação da proposta em assembleia, os trabalhadores retornaram ao trabalho e o transporte urbano de Mairinque foi normalizado durante a manhã.

O Sindicato dos Rodoviários está acompanhando de perto a situação. Caso a empresa volte a descumprir com suas obrigações, inclusive com o acordado de parcelamento do salário referente ao mês de julho, nova paralisação pode acontecer.

Fabiana Caramez
Deixe seu Recado