Notícias

07-Ago-2020 17:33
SOROCABA

Trabalhadores(as) no transporte urbano de Sorocaba realizam protesto por falta de pagamento nesta sexta (07)

Caso empresas não efetuem o pagamento da diferença salarial, novos protestos serão realizados

2020, imprensa,
2020

Os trabalhadores e trabalhadoras em transporte urbano de Sorocaba realizaram um protesto de duas horas na tarde desta sexta-feira (07), porque as empresas Consórcio Sorocaba (CONSOR) e Sorocaba Transportes Urbanos (STU) não efetuaram o pagamento da primeira parcela da diferença salarial referente ao acordo coletivo de trabalho de adesão à Medida Provisória 936/2020 (Lei 14.020 de 06 de julho de 2020).

Os ônibus do sistema ficaram parados nos terminais da cidade Santo Antônio e São Paulo e nas áreas de transferência.

O problema trabalhista não foi resolvido e, caso as empresas não honrem com o pagamento da diferença salarial neste final de semana, novos protestos serão realizados a partir de segunda-feira (10). Não está descartado a paralisação total da categoria.

“As empresas firmaram um acordo com a categoria e agora não estão cumprindo. Os trabalhadores estão vulneráveis a se contaminarem pelo vírus e não é justo que também sejam prejudicados com perda salarial”, avalia o presidente interino do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região Adalberto de Souza Carvalho.

Desde março os trabalhadores estão recebendo salário a menor, mesmo sendo uma das categorias com maior risco de contágio pelo coronavírus por estarem em contato direto e constante com público e, muitas vezes, em aglomerações. Lembramos que, após solicitação do Sindicato, os trabalhadores foram testados e 7% da categoria foi diagnosticada com coronavírus.

Conforme determinado pelo acordo de adesão à MP 936, as empresas deveriam pagar a diferença salarial dos primeiros meses de pandemia em agosto, setembro, outubro e novembro.

Fabiana Caramez
Deixe seu Recado