Notícias

24-Ago-2018 13:07 - Atualizado em 27/08/2018 17:27
CAPELA DO ALTO

Trabalhadores no transporte escolar de Capela do Alto estão em estado de greve por atraso em pagamento

Se até a terça-feira, dia 28, a empresa não efetuar o pagamento do adiantamento salarial e do tíquete-refeição dos meses de julho e agosto e implantar os planos de saúde e odontológico, os trabalhadores irão entrar em greve na quarta-feira, dia 29

2018, imprensa, Divulgação
Trabalhadores no escolar de Capela do Alto aprovam estado de greve, por unanimidadeDivulgação

Os trabalhadores no transporte escolar no município de Capela do Alto aprovaram em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira, 24, entrar em estado de greve e decidiram, por unanimidade, iniciar a paralisação na próxima quarta-feira, 29, caso a empresa Viação Cidade da Fé não efetue o pagamento correto do adiantamento salarial deste mês e do tíquete-refeição referente aos meses de julho e agosto e não implante os planos de saúde familiar e odontológico previstos no acordo coletivo de trabalho da categoria.

"Nós mantivemos diálogo com a empresa para corrigir os problemas. Não obtivemos sucesso e, infelizmente, o problema só aumentou com o não pagamento do adiantamento salarial neste mês de agosto. Diante disso, não restou outra alternativa aos trabalhadores a não ser decretar o estado de greve para garantir o pagamento de salário e direitos", explica o diretor do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região Flávio Pacheco.

O Sindicato protocolou notificação de greve na empresa Cidade da Fé no dia 27 de julho. No mesmo dia protocolou comunicado na Prefeitura Municipal de Capela do Alto informando na notificação de greve dos trabalhadores no transporte escolar.

"Mesmo diante de tanto tempo em negociação e sem uma atitude positiva da empresa, os trabalhadores irão dar mais um prazo, até a próxima terça-feira, para a Cidade da Fé acertar os pagamentos", ressalta Pacheco.

Histórico

A Viação Cidade da Fé foi a vencedora da licitação promovida pela Prefeitura de Capela do Alto e assumiu em caráter definitivo a operação do transporte escolar no dia 2 de maio deste ano. Na ocasião, o Sindicato garantiu que a nova empresa contratasse todos os motoristas e agentes de bordo escolar que já trabalhavam no transporte escolar e que a Viação Cidade da Fé assinasse o mesmo acordo coletivo de trabalho da categoria, assegurando assim o pagamento de piso salarial e demais direitos.

Ao todo, trabalham no transporte escolar de Capela do Alto 17 motoristas e 17 agentes de bordo escolar. Todos aprovaram a decretação de estado de greve e a paralisação a partir do dia 29, caso os problemas não sejam resolvidos.

Fabiana Caramez
Deixe seu Recado