Notícias

03-Nov-2020 12:11 - Atualizado em 03/11/2020 12:24
SÃO ROQUE

Trabalhadores na Viação Piracicabana reiniciam greve contra demissões abusivas

A paralisação foi suspensa na última sexta-feira para negociação, mas não houve contato da empresa

2020, imprensa, Diretoria
Diretoria comanda assembleia na manhã desta terça-feira (03)Diretoria

Os trabalhadores e trabalhadoras na empresa de transporte intermunicipal Viação Piracicabana decidiram, em assembleia realizada na manhã desta terça-feira (03), retomar a greve contra as demissões abusivas, a prática de dupla função, o não cumprimento correto do intervalo intrajornada e, agora, a descontos do dia parado.

Sindicato dos Rodoviários e categoria suspenderam a paralisação na última sexta-feira (30) como gesto para abertura de negociação, porém a empresa não procurou a entidade sindical, demonstrando mais uma vez intransigência.

O Sindicato reafirma que não aceita demissões em plena pandemia e na vigência de instrumentos legais que permitem à empresa reduzir seus gastos com folha de pagamento sem a quebra do vínculo empregatício, o que garante aos trabalhadores um suporte importante neste momento. Além disso, a redução no quadro de funcionários agravará ainda mais o não cumprimento do intervalo de descanso e a prática de dupla função.

Em respeito à lei de greve em serviços essenciais, 30% da frota está em circulação na região de São Roque.

Lembramos que o Sindicato dos Rodoviários protocolou notificação de greve na empresa no dia 23 de outubro e os trabalhadores(as) aguardaram mais de 72 horas para iniciar o movimento grevista.

A Viação Piracicabana faz linhas intermunicipais entre o município de São Roque e as cidades de Itapevi, Cotia, Araçariguama e Pirapora do Bom Jesus; e o município de Araçariguama a Itapevi.

O Sindicato mantém-se aberto para resolução dos problemas por meio do diálogo.

Fabiana Caramez
Deixe seu Recado