Notícias

01-Mar-2018 18:06 - Atualizado em 19/03/2018 09:32
Piracema

Trabalhadores na Piracema em Salto de Pirapora cumprem liminar

Categoria entra no quarto dia de greve

,
Trabalhadores em greve na garagem da Piracema em Salto de Pirapora
Os trabalhadores e trabalhadoras na empresa de ônibus Piracema, garagem de Salto de Pirapora, continuam em greve. Nesta sexta-feira (2), eles entram no quarto dia de greve consecutivo por atraso no pagamento do adiantamento salarial (vale).

Hoje (1), o Tribunal Regional do Trabalho da 15ª concedeu liminar a pedido da empresa que determina a permanência em operação de 50% da frota de ônibus da empresa. Os trabalhadores estão cumprindo a liminar e se mantêm em greve.

O TRT-15ª também agendou audiência de tentativa de conciliação para a próxima quarta-feira, dia 7, às 13h30min, no TRT-15ª, em Campinas.

Até o momento, os trabalhadores seguem sem receber o adiantamento salarial, que representa 40% do salário e deveria ter sido pago pela empresa no dia 20 deste mês.

Por causa desse atraso no pagamento do vale, os trabalhadores e trabalhadoras na empresa Piracema, garagem de Salto de Pirapora, iniciaram o movimento grevista no dia 27 de fevereiro. Além de atrasos constantes em salários, a empresa é devedora de FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

A Piracema opera as linhas Salto de Pirapora-Sorocaba, Salto de Pirapora-Sarapuí (bairro Cocais), Sorocaba-Araçoiaba da Serra (bairro Cercado) via Salto de Pirapora.

A empresa Piracema tem histórico de descumprimento de acordo coletivo e de pagamento de salários. Em 2017, os trabalhadores realizaram seis paralisações em protesto contra as irregularidades cometidas pela empresa.

Fabiana Caramez
Deixe seu Recado