Notícias

27-Fev-2018 17:50 - Atualizado em 19/03/2018 09:33
Piracema

Trabalhadores na empresa Piracema em Salto de Pirapora permanecem em greve

Empresa não pagou adiantamento salarial

,
Trabalhadores protestam contra atraso em pagamento do vale
Os trabalhadores e trabalhadoras na empresa de ônibus Piracema, garagem de Salto de Pirapora, estão em greve desde a madrugada desta terça-feira (27) em protesto contra a falta de pagamento do adiantamento salarial (vale) e continuarão paralisados até a empresa honrar com seu compromisso trabalhista.

O adiantamento salarial é um direito do trabalhador e, conforme acordo coletivo de trabalho, a empresa Piracema deve efetuar o pagamento do vale no dia 20 de cada mês.

Neste fevereiro, a empresa não pagou os trabalhadores na data correta. Desde então, o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região manteve contato com a empresa a fim de solucionar o problema. Infelizmente, todas as tentativas não tiveram sucesso.

O Sindicato dos Rodoviários informa que desde a deflagração da greve a empresa não entrou em contato com a entidade sindical. Portanto, não existe previsão para o fim da paralisação.

Além de atrasos constantes em salários, a empresa é devedora de FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

A Piracema opera as linhas Salto de Pirapora-Sorocaba, Salto de Pirapora-Sarapuí (bairro Cocais), Sorocaba-Araçoiaba da Serra (bairro Cercado) via Salto de Pirapora.

A empresa Piracema tem histórico de descumprimento de acordo coletivo e de pagamento de salários. Em 2017, os trabalhadores realizaram seis paralisações em protesto contra as irregularidades cometidas pela empresa. 

Fabiana Caramez
Deixe seu Recado