Notícias

05-Jul-2018 16:16
DATA-BASE 2018

Trabalhadores internos na empresa Benfica conquistam tíquete refeição

Direito foi garantido na campanha salarial deste ano. Sindicato também assegurou aumento salarial de 3% a todos os trabalhadores

, Divulgação
Trabalhadores internos na empresa Benfica conquistam tíquete refeiçãoDivulgação

Os trabalhadores da manutenção e da administração na empresa Benfica conquistaram o tão desejado tíquete-refeição na campanha salarial deste ano. A empresa que faz transporte de cargas e de fretamento rural em Itapeva, Itapetininga e Capão Bonito pagava o tíquete-refeição (diária) apenas aos motoristas e o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região teve que mobilizar a categoria para garantir a extensão para todas as funções.

Os trabalhadores em funções internas (manutenção e administração) começaram a receber o tíquete-refeição neste mês de junho. O valor mensal do tíquete-refeição é de R$ 517,23, referente a 21 tíquetes. A empresa tem que efetuar o pagamento até o 5º dia útil de cada mês.

Reajuste salarial de 3%

O Sindicato também garantiu nesta campanha salarial aumento de 3% nos salários dos trabalhadores de fretamento e de cargas na empresa Benfica. O reajuste é retroativo a 1º de maio.

Os motoristas tiveram reajuste no tíquete-refeição, que aumentou para R$ 24,63 por dia, ou seja, R$ 738,90 por mês (referente a 30 tíquetes).

Em relação à participação nos lucros e resultados (PLR), os trabalhadores no setor de fretamento rural irão receber PLR no valor de R$ 1.550,00, o pagamento é no retorno das férias.

Já os trabalhadores no setor de cargas irão receber PLR no valor de R$ 1.300,00, o pagamento é dividido em duas vezes, sendo R$ 650,00 em outubro de 2018 e R$ 650,00 em abril de 2019.

Todos os trabalhadores na Benfica - fretamento rural e cargas, motoristas e funções internas - que completarem dois anos de trabalho na empresa terão seus salários reajustados em 5% como prêmio por tempo de serviço (PTS).

Os demais direitos da categoria, como plano de saúde familiar e cesta básica, seguem as respectivas convenções coletivas de fretamento e de cargas.

Preservando direitos

O Sindicato dos Rodoviários também garantiu aos trabalhadores na empresa Benfica a manutenção de todos os direitos determinados neste acordo coletivo mesmo após o vencimento do mesmo, direitos que só poderão ser modificados após nova negociação coletiva.

Sobre a homologação, o acordo coletivo assegura que a empresa Benfica tem que fazer a homologação dos trabalhadores demitidos no Sindicato, desde que o trabalhador tenha 12 meses de contrato de trabalho na empresa.

Fabiana Caramez
Deixe seu Recado