Notícias

05-Dez-2019 17:26
CARGAS

Trabalhadores entram em greve e Ambitec recua e concede reajuste salarial

Paralisação começou às 4h desta quinta-feira, 5

2019, imprensa, Diretoria
Trabalhadores retornam ao trabalho após empresa pagar reajusteDiretoria

Os trabalhadores na empresa de coleta de resíduos industriais Ambitec entraram em greve na madrugada desta quinta-feira, 5, porque a empresa não reajustou o salário e os demais benefícios conforme as conquistas da campanha salarial deste ano. A data-base da categoria é 1º de maio e a convenção coletiva de trabalho de cargas foi fechada em junho.

Ao longo desse período o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região cobrou a empresa e a mesma pediu prazos para se adequar, que nunca foi cumprido. Diante disso, o Sindicato reuniu os trabalhadores e foi aprovada a paralisação.

Com os trabalhadores em greve, a Ambitec recuou e procurou o Sindicato para informar que tinha efetuado o pagamento nesta quinta-feira do reajuste salarial e no tíquete-refeição, das diferenças salariais dos meses de maio até novembro e da cesta básica conforme convenção coletiva.

Os trabalhadores no setor de cargas conquistaram reajuste de 5,5% nos salários retroativo a maio e aumento no tíquete-refeição para R$ 25,00 por dia, retroativo a junho.

Em relação ao pagamento da participação nos lucros e resultados (PLR), a empresa irá efetuar o depósito da primeira parcela de R$ 600,00 no 5º dia útil de janeiro e irá pagar a outra parcela de R$ 600,00 em abril, seguindo a convenção de cargas.

O Sindicato dos Rodoviários irá fiscalizar junto aos trabalhadores se a empresa realmente está disponibilizando todos os EPIs (equipamentos de proteção individual) determinados pela lei para o exercício da atividade de coleta de resíduos industriais, assim como irá verificar o estado da frota de caminhões da empresa.

A Ambitec tem aproximadamente 25 trabalhadores que são representados pelo Sindicato dos Rodoviários. Todos aderiram à greve desta quinta-feira. Assim que a empresa formalizou documento e o Sindicato verificou as ordens de pagamento, os trabalhadores retomaram a atividade.

 

Fabiana Caramez
Deixe seu Recado