Notícias

02-Ago-2019 18:06
FRANÇA

Quando a união faz a força

Trabalhadores e trabalhadoras do transporte de Sorocaba estiveram em peso na Câmara Municipal e, com união e muita pressão, ajudaram no processo que levou à cassação do prefeito Crespo

2019, imprensa, Câmara de Vereadores
Trabalhadores lotam o saguão da Câmara de Vereadores de SorocabaCâmara de Vereadores

Foram mais de 13 horas de sessão extraordinária na Câmara Municipal de Sorocaba, que começou às 13h20 desta quinta-feira (01/08) e se encerrou na madrugada de sexta-feira (02). Na pauta: a cassação do mandato do prefeito José Crespo (DEM) por infração político-administrativa no caso conhecido como “falso voluntariado”.

Por 16 votos a favor e 4 contra, o prefeito foi cassado. "Nós, da bancada do PT, votamos pelo apelo popular que está aqui dentro e lá fora desta Casa de Leis. A população de Sorocaba não aguenta e não merece mais os devaneios e o descaso do prefeito Crespo", diz o vereador Francisco França. "Um prefeito desse, que massacrou os trabalhadores do transporte e os servidores públicos municipais, duas categorias que só sofreram com este mandato. E votamos pela cassação para não deixar que a população sorocabana padeça ainda mais com os problemas da Saúde como a falta de medicamentos nos postos e as filas intermináveis para consultas, exames e cirurgias; que não padeça ainda mais com os problemas na Educação como a falta de vagas em creches e escolas e com a falta de investimentos na cidade como um todo".

Destaque e agradecimentos

França também destaca a participação fundamental dos trabalhadores e trabalhadoras do transporte de Sorocaba e os servidores públicos municipais, que lotaram a galeria da Câmara Municipal durante todo o período de realização da sessão extraordinária. "Esses trabalhadores chegaram à Câmara por volta das seis horas da manhã de quinta-feira e não arredaram o pé do local até o final da sessão, que terminou por volta das três horas da madrugada de sexta-feira", conta.

"São verdadeiros heróis e lutadores porque estiveram conosco durante todo o processo e foram a voz da população, demonstrando todo o descontentamento pelo mandato do prefeito Crespo e suas irregularidades. Agradeço aqui, imensamente, todos os trabalhadores, população e membros do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região e do Sindicado dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba, que estiveram presentes, de forma maciça, e ajudaram, com a pressão popular, a conduzir a cassação do prefeito Crespo", enaltece França. 

Vereadores que votaram SIM pela cassação de Crespo

Francisco França (PT)

Iara Bernardi (PT)

Anselmo Rolim Neto (PSDB)

Hélio Brasileiro (MDB)

José Francisco Martinez (PSDB)

Fausto Salvador Peres (Podemos)

Fernanda Schlic Garcia (PSOL)

Fernando Alves Lisboa Dini (MDB)

Hudson Pessini (MDB)

João Donizeti Silvestre (PSDB)

Péricles Régis Mendonça de Lima (MDB)

Renan dos Santos (PCdoB)

Rodrigo Maganhato (DEM)

Antonio Carlos Silvano Júnior (PV)

Vítor Alexandre Rodrigues (MDB)

Wanderley Diogo de Melo (PRP)

Vereadores que votaram NÃO pela cassação de Crespo

Cíntia de Almeida (MDB)

José Apolo da Silva (PSB)

Irineu Donizeti de Toledo (PRB)

Luís Santos Pereira Filho (Pros)

 

Mais detalhes sobre a sessão extraordinária da cassação veja aqui.

 

Andrea Quevedo
Deixe seu Recado