Notícias

26-Abr-2018 15:53
AMIGO E LÍDER

Lula agradece apoio da CUT em carta enviada da prisão

'A minha identificação com a Central Única dos Trabalhadores não se resume a esse momento. Não é À toa que a minha história se confunde com a de cada um de vocês', diz ex-presidente

CUT, LULA, ROBERTO PARIZOTTI/CUT
O presidente da CUT, Vagner Freitas (esq.) empunhando carta de Lula ao lado do secretário-geral da CUT, Sergio NobreROBERTO PARIZOTTI/CUT
 
 
São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde o dia 7 desde mês, enviou hoje (25) uma carta aos trabalhadores ativistas da CUT. “Não é a toa que minha história se confunde com a de cada um de vocês. A construção da CUT foi o fato histórico mais importante para a unificação das lutas do movimento sindical brasileiro”, disse.

Lula agradeceu o apoio dos cutistas, que participam ativamente da organização do acampamento Lula Livre, desde o primeiro dia de cárcere do ex-presidente na sede da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba. O presidente da central, Vagner Freitas, se manifestou em relação ao zelo de Lula com a CUT. “Estou muito feliz de ele reconhecer o trabalho que vocês, da militância cutista, estão fazendo”.

“Isso só nos dá mais estímulo para acordar amanhã ainda mais cedo e trabalhar mais para libertar nosso amigo e ex-presidente Lula. Nós temos um amigo preso”, completou, ao classificar a prisão de Lula como política e considerar o ex-presidente como “fundador da central, nossa liderança”.

 

Confira a carta à CUT

Meus queridos companheiros da CUT,

A minha identificação com a Central Única dos Trabalhadores não se resume a esse momento. Não é a toa que a minha história se confunde com a de cada um de vocês. A construção da CUT foi o fato histórico mais importante para a unificação das lutas do movimento sindical brasileiro.

Eu soube das inúmeras mobilizações organizadas pela CUT por todo o Brasil, se manifestando nas cidades, no campo e nas estradas contra as injustiças que estão sendo cometidas contra mim. Eu sei também que a CUT está na linha de frente do acampamento de resistência montado aqui em Curitiba; assim como estiveram ao meu lado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo.

Envio essa carta a vocês para agradecer pelo esforço de cada companheiro e cada companheira cutista que está junto comigo nessa luta. A todos vocês que acreditam da minha inocência e lutam contra a injustiça, serei sempre grato.

Um abraço fraterno.

Luiz Inácio Lula da Silva

Redação RBA
Deixe seu Recado