Notícias

05-Mai-2022 13:53 - Atualizado em 05/05/2022 15:39
TRABALHADORES DOS TRANSPORTES

3º Congresso da CNTTL discute reconstrução do Brasil

Evento começou na quarta-feira (4) e continua até amanhã (6), reunindo lideranças sindicais do campo progressista

Começou nesta quarta-feira (4) e continua até amanhã, sexta-feira (6), em Brasília, o 3° Congresso da CNTTL (Confederação dos Trabalhadores do Transporte e Logistica), reunindo lideranças sindicais do campo progressista. Realizado na sede da Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura), o evento traz como tema "Reconstruir o Brasil: Sem Mortes, com Emprego e Democracia".
A CNTTL representa a voz de 12 milhões de trabalhadores em transportes de todo o Brasil nos modais rodoviário, portuário, ferroviário, metroviário, viário, mototaxista, motofretista, caminhoneiros e aéreo.
A mesa de abertura dos trabalhos foi composta do presidente CNTTL, Paulo Estausia, o Paulinho, que também é presidente do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região e vice-presidente da Federação Unitária de Transportes da América Latina e Caribe (Futac); presidente da CUT nacional, Sérgio Nobre; João Paulo Ribeiro, representando o presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTTB); Carlos Alberto Dahmer Litti, representante da Federação Unitária de Transporte, Portos, Pesca e Comunicação na América; Emiliano Adissi, representante da Federação Internacional de Trabalhadores em Transporte; deputado federal Arlindo Chinaglia; secretário de Formação Rafael Zanan; presidente do Sinpro (DF), Rosilene Corrêa; presidente do Sindicato dos Rodoviários do DF, João Jesus de Oliveira; presidente da Federação dos Transportes do Nordeste. J. Carlos; Valeir Ertle, diretor da CUT Nacional.
Dezoito diretores do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba participam do Congresso, incluindo o presidente Paulinho. A solenidade de abertura contou com a participação de cerca de 200 pessoas.
Em discurso na solenidade de abertura dos trabalhos, Paulinho disse: “Hoje vivemos um momento de retrocesso do governo Bolsonaro, do capitalismo e dos empresários que levaram vantagem com o rebaixamento de salários. A disputa de convencer os trabalhadores na base não será fácil. Por isso, temos uma tarefa de criar um plano estratégico unificado e com a vitória de Lula vamos retomar aquilo que foi destruído.”
Nesta quinta-feira (5), continuam os debates sobre conjuntura nacional e internacional.

Fotos: Félix/CNTTL

,
3° Congresso da CNTTL

,
3° Congresso da CNTTL

,
3

,
3

,
3° Congresso da CNTTL

,
3° Congresso da CNTTL

,
3° Congresso da CNTTL

,
3° Congresso da CNTTL

,
3° Congresso da CNTTL

 

 

Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Sorocaba e Região
Deixe seu Recado