Notícias

13-Mai-2021 12:15
13 DE MAIO DE 1888

133 ANOS DA LEI ÁUREA

,
133 anos da Lei Áurea

 

Companheiros e companheiras, hoje é uma data de grande importância simbólica e a diferença é a leitura que nós fazemos como contraponto à versão oficial da história do Brasil.

Há 133 anos a Lei Áurea aboliu a escravidão negra no Brasil. E esta não foi uma concessão do governo imperial da época.  Até porque, foi uma lei tardia. O Brasil foi o último país a abolir a escravidão e não criou nenhum sistema de proteção social aos antigos escravos. Eles foram largados à própria sorte, sem aparo, sem nada.

E assim foi feito, após mais de 350 anos de escravidão, período infame da nossa história quando milhões de seres humanos foram capturados na África e vendidos nas Américas e no Brasil como mercadorias para serem introduzidos no trabalho escravo, sofrendo todos os rigores das explorações, torturas e mortes nessa condição. A Lei Áurea atendeu mais aos interesses econômicos da casa grande. Não representou nenhum sentimento humanitário das elites brasileiras, embora houvesse a ação de grupos e líderes abolicionistas.

Desse modo, na verdade a Lei Áurea entrou para a história como um marco da luta e da resistência do povo negro contra o cativeiro. Luta e resistência que tem origem nos Quilombos, em Zumbi dos Palmares, nas inúmeras revoltas da senzala contra o horror da casa grande.

E a luta continua até os dias de hoje por dignidade, justiça, direitos humanos. Por trabalho, moradia, saúde, educação. Por inclusão e respeito. Pelo fim da política da casa grande de massacres de pretos e pobres nas periferias das grandes cidades.

A resistência do povo negro e do povo brasileiro castigado pela elite opressora tem que continuar!

 

Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Sorocaba e Região
Deixe seu Recado