Pix
Pix
Pix

Notícias

Tamanho da FonteDiminuir FonteAumentar Fonte
 
Sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Sindicato lança documentário "A MAIOR GREVE DA HISTÓRIA DO TRANSPORTE"

Vídeo pode ser assistido na página e nas redes sociais do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região
Sindicato lança documentário "A MAIOR GREVE DA HISTÓRIA DO TRANSPORTE"

O Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região realizou o lançamento do documentário "A MAIOR GREVE DA HISTÓRIA DO TRANSPORTE - Campanha Salarial dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Transporte Urbano de Sorocaba - 2017", nesta sexta-feira (22), no auditório do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, em duas assembleias, uma às 10h e outra às 18h.

O documentário é um registro da luta dos trabalhadores(as) do sistema de transporte público urbano de Sorocaba por aumento salarial acima da inflação. Foram mais de três meses em luta, que resultaram em 25 dias de greve, a maior paralisação em transporte público já registrada na história do movimento sindical brasileiro.

Produzido pelo Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região, o lançamento do documentário contou com as presenças do deputado federal Arlindo Chinaglia (PT), do ex-deputado estadual Hamilton Pereira, do ex-vereador Izídio de Brito, do candidato do PT a prefeito de Sorocaba nas últimas eleições Glauber Piva e de diversos dirigentes sindicais do ramo do transporte no Estado de São Paulo e de diversas categorias da região de Sorocaba.

Luta de classes

O presidente do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região Paulo João Estausia ressaltou que a estratégia adotada para o enfrentamento na campanha salarial foi o que levou à vitória. "Nós não cometemos erros. Não teve um fura-greve. Lutamos unidos e isso foi essencial para sermos vitoriosos!"

Paulinho também falou sobre a necessidade de se analisar o momento pelo qual o país está passando para que os trabalhadores tenham consciência do que é preciso fazer para reverter as perdas.

"Precisamos analisar porquê o Brasil está sofrendo esse grande retrocesso. A partir do momento em que houve o golpe contra a presidenta Dilma Rousseff (PT) começamos a sofrer derrotas. A primeira foi a terceirização sem limites, a segundo a 'reforma' Trabalhista que não verdade é a retirada de direitos e agora tem a 'reforma' da Previdência, que só ataca os assalariados e não mexe nos privilegiados. Nós temos que reagir! Nossas gerações não irão nos perdoar se não enfrentarmos esse momento", falou Paulinho.

Paulinho também ressaltou a importância dos trabalhadores elegeram seus legítimos representantes para os cargos Executivos e Legislativos. "No próximo ano teremos eleições gerais e nós temos o dever de eleger deputados comprometidos com os trabalhadores, deputados legítimos representantes da classe trabalhadora. Para isso precisamos fazer debates, debater com a família, com os amigos, em todos os lugares que frequentamos. Nós precisamos reverter a situação atual de perda de direitos!"

O vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários e vereador Francisco França falou da importância do documentário como registro histórico da luta da categoria. "Por que fazer esse documentário? Porque vai ficar para a história. Quem estiver no Sindicato e na categoria daqui alguns anos vai saber da luta e da resistência que tivemos."

França também ressaltou que só existe sindicato forte se a categoria estiver junto e organizada. "Que esta luta sirva de exemplo para todos! Vamos continuar unidos para não deixar passar a 'reforma' da Previdência e não deixar prevalecer a 'reforma' Trabalhista em nossa base."

O presidente do Sindicato dos Condutores de Guarulhos, Orlando Maurício Jr, o Brinquinho, falou da união, do fortalecimento e da resistência dos trabalhadores em transportes nas lutas gerais contras as reformas que retiram direitos da classe trabalhadora. "Somos nós do transporte que conseguimos parar o Brasil!"

O ex-deputado estadual Hamilton Pereira (PT) parabenizou a categoria pelo enfrentamento ao prefeito conservador, que flerta com o fascismo, e afirmou que o presidente Paulinho é um dos maiores dirigentes sindicais da atualidade, pois tem liderança e o respeito da categoria em todo o Brasil. "Obrigada por tudo o que vocês (categoria) fizeram. Deram exemplo de como se faz para enfrentar o conservadorismo, para enfrentar aqueles que querem pisar nos trabalhadores. Obrigada pelo exemplo de luta e dignidade!", afirmou Hamilton Pereira.

O deputado federal Arlindo Chinaglia (PT) destacou a disposição de luta da categoria e parabenizou as mulheres na greve. "Uma luta dessas educa mais do que muitos livros."

Arlindo falou que é normal em uma greve os trabalhadores terem medo e se questionarem se o caminho tomado é o correto e ressaltou que o mais importante é a unidade e a coragem. "Quem perde uma greve? É o patrão que faz o trabalhador perder? É a polícia? Não. Quem perde uma greve é o trabalhador que fraqueja. Isso tem que ficar registrado na cabeça de todos vocês."

O deputado Arlindo também falou sobre o atual momento da política brasileira, de que os governantes que tomaram, por meio de um golpe, a Presidência da República estão se desfazendo das riquezas nacionais e desmontando os direitos da população, fatos que serão sentidos e irão influenciar a vida do povo brasileiro por muitos anos. Diante disso, Arlindo ressaltou que "só a luta de campanha salarial não basta para mudar a vida dos trabalhadores. Todos têm que se colocar na luta política geral."

O deputado completou, "no Brasil apenas seis pessoas têm a mesma riqueza do que 100 milhões de brasileiros. Isso significa que a política construída pela elite financeira está de costas para o povo. Por isso temos que eleger Lula presidente e também muitos deputados e senadores comprometidos com os trabalhadores para que, dessa forma, possamos fazer as mudanças necessárias."

O documentário "A MAIOR GREVE DA HISTÓRIA DO TRANSPORTE - Campanha Salarial dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Transporte Urbano de Sorocaba - 2017" foi dirigido pela jornalista Fabiana Caramez, assessora de imprensa do Sindicato dos Rodoviários, em co-produção com os também jornalistas Jonatas Rosa e Vagner Santos. O documentário tem duração de 27 minutos e ficará disponível no site do Sindicato dos Rodoviários www.rodoviariosorocaba.org.br e nas redes sociais da entidade.

Clique aqui para assistir.

Fonte: Fabiana Caramez
Pix
Pix
Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Sorocaba e Região
Endereço: Rua Capitão Augusto Franco, 159 – Vila Amélia | Sorocaba / SP
CEP: 18031-615 – Telefone: (15) 3331-7900 – Fax: (15) 3331-7903
Facebook YouTube RSS
rodoviariosorocaba.org.br
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
 
Pix